Marca própria de produtos naturais: tenha a sua

O Brasil ocupa, atualmente, o sexto lugar no ranking de países que mais consomem produtos naturais. Segundo o jornal G1, numa publicação feita ano passado, as vendas desses alimentos no âmbito nacional subiram para 10,3% entre 2015 e 2016, sobrepondo-se à média global, que é de 1,2%.

Esses dados não estão aí à toa. Eles significam, no mínimo, uma tomada de consciência do brasileiro acerca da importância de ingerir alimentos mais saudáveis. Por isso, empresas de produtos naturais ganham cada vez mais espaço nesse tempo de mudanças alimentares. A propósito, você já pensou em ter a sua própria linha de produtos naturais?

No post de hoje, vamos mostrar a você algumas das vantagens de ter uma linha de produtos naturais com marca própria. Acompanhe!

Pessoas informadas, clientes garantidos

Como dissemos no início deste post, mesmo com a facilidade e a praticidades dos alimentos industrializados, as pessoas têm tomado cada vez mais consciência da importância da alimentação saudável. As vantagens começam por aí, pois se o ramo tende a crescer, o negócio promete bons resultados.

Hoje, os meios de comunicação – como programas de TV, revistas, blogs, canais no Youtube etc – têm contribuído muito na disseminação de conhecimento acerca da alimentação orgânica. Se antes estávamos nos alimentando um tanto quanto automaticamente, sem repensar nossos (maus) hábitos alimentares, hoje a informação tem nos alcançado e transformado a nossa percepção sobre saúde, estética e bem-estar.

Campo vasto para explorar

Numa espécie de guia informativo, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) elaborou um material bastante esclarecedor sobre o “perfil do ambiente” do mercado de produtos naturais. Nesta publicação, a corporação ressalta que têm surgido variados empreendimentos especializados na comercialização de artigos naturais, seja em segmentos concentrados, como alimentação, seja em segmentos mais versáteis, como suplementos e cosméticos.

Além do campo vasto para explorar, como o Sebrae observa no material citado acima, o empreendedor pode ampliar os negócios agregando valor à empresa “por meio de parcerias com outros tipos de negócio que promovam a saúde e o bem-estar, como academias ou clínicas de nutrição”.

Como se pode notar, o contexto atual vem impulsionando o setor de alimentos naturais, criando grandes oportunidades para quem está no ramo ou para quem quer se iniciar nele.

Vantagens de ter uma linha de produtos naturais com marca própria

Facilidade de contratar uma empresa para produzir a sua linha de produto

Já falamos em outros posts sobre os benefícios e a praticidade da terceirização da produção de artigos naturais, como a redução de custos, a rapidez nos processos de fabricação, a garantia de competitividade e outros.

Mas talvez o que você não saiba ainda da facilidade de contratar uma empresa para produzir a sua linha de produtos. Assim como há empresas interessadas em apenas gerir o negócio sem “se dar ao trabalho” e aos custos da fabricação, existem aquelas especializadas em realizar a parte operacional da confecção, facilitando e muito o andamento dos negócios.

Por incrível que pareça, é simples contratar uma empresa para produzir a sua linha de produtos. E diversas são as razões para fazer isso, como explicamos neste post. Basta apenas que você considere algumas questões antes de fechar a parceria, como checar se a empresa contratada segue todas as resoluções exigidas pela Anvisa e as exigências do Código do Consumidor, bem como se o fabricante segue as tendências de mercado etc.

Baixo custo de investimento

Por incrível que pareça, a sua própria linha de produtos naturais permite mais economia nos investimentos do que a simples revenda. Isso porque, na revenda, entra em jogo uma série de questões, como a porcentagem do lucro. Há, também, um fator primordial: não importa o quanto você venda determinado produto, o faturamento será tão seu quanto do dono da marca.

Isso não ocorre quando a marca é sua. Os seus clientes facilmente associarão a sua loja física à sua marca e vice-versa. É o caso de farmácias ou lojas especializadas em artigos para saúde e estética.

Para combinar baixo custo de investimento com sucesso da sua marca de alimentos naturais, você pode trabalhar com terceirização da produção, como temos falado constantemente aqui no blog. Com a forma moderna de organização empresarial que a terceirização permite, não é necessário que a sua empresa disponha de todo aparato fabril para produzir os itens.

O simples fato de você não precisar gastar com maquinário e matéria-prima para confeccionar os produtos já minimiza muito os gastos. Poupando também com a mão de obra que seria necessária no processo de confecção, a sua empresa poderá investir em áreas mais estratégicas do negócio, como, por exemplo, no desenvolvimento do setor de vendas ou em marketing.

Expansão do nicho

Começar um negócio sabendo que o setor está em alta faz toda diferença na hora de decidir criar a própria marca de produtos naturais. Mesmo tendo algumas questões a se considerarem – como exigências legais, estrutura, parcerias, divulgação etc –, é certo que, conhecendo o comportamento do mercado, a sua empresa já está, digamos assim, com meio caminho andado.

Isso porque, com o mercado em expansão, as chances do seu negócio se solidificar frente à concorrência é bem alta. Com o seu lugar no mercado garantido, você pode se preocupar com outros assuntos, como localização, pessoal, canais de distribuição e publicidade, por exemplo.

De todo modo, sempre é válido um estudo sobre o setor e sobre os hábitos do público a ser alcançado. É importante também ter em vista as novas demandas e preparar-se para atendê-las. Estratégia de venda e marketing aliados à divulgação da marca também fazem com que a empresa permaneça sempre em expansão no ramo escolhido.

Gostou deste artigo? Acompanhe o nosso blog e a nossa Página no Facebook para ter mais acesso aos nossos conteúdos.

 

Comentários