Alimentos que produzem saúde

Todos conhecemos o velho ditado: “você é o que você come”. De fato, a nossa alimentação diz muito de quem somos e é algo determinante para a nossa saúde. São inúmeros os relatos de pessoas que alcançaram bem-estar e cura por meio de uma mudança na forma de comer e ingerir nutrientes.

Pensando precisamente nisso, neste post apresentaremos os alimentos ricos em biotina, também conhecida como vitamina B7. Mostramos como esses alimentos geram saúde para os nossos organismos. Falaremos ainda sobre onde encontrá-los e quais são seus benefícios para o nosso corpo. Continue a leitura e saiba mais!

O que é a biotina?

Como já adiantamos, a biotina também é conhecida como “vitamina B7”. Trata-se de uma vitamina essencial, que o nosso organismo não consegue sintetizar e por isso uma fonte exógena é necessária e bem-vinda. Bactérias no nosso intestino sintetizam apenas uma pequena quantidade desse composto. Nutricionistas estimam que precisamos ingerir 30 µg de biotina por dia.

Em que alimentos encontramos a biotina?

O nosso organismo precisa suplementar a quantidade de biotina através da alimentação. Alimentos ricos em biotina são o farelo de arroz, o amendoim, as lentilhas, as nozes, a cenoura e a aveia, entre outros.

Quais são as consequências de uma deficiência em biotina?

Os sintomas da deficiência em biotina vão desde cabelo e unhas frágeis, a coceira e erupção cutânea escamosa vermelha ao redor dos olhos, nariz e boca. Além disso, há estudos que indicam que o seu déficit causa depressão, apatia, alucinações e formigamento nos braços e pernas.

Vale ressaltar aqui que é sempre aconselhável que você consulte um médico se você sente alguns desses sintomas. Este é apenas um artigo informativo.

Quais os benefícios da biotina?

São inúmeros e muito variados os benefícios da vitamina B7 para o nosso corpo. Abaixo, listamos alguns:

– Sistema circulatório e coração: uma boa concentração de biotina no nosso corpo reduz os níveis de colesterol e, portanto, o risco de hipertensão e de arteriosclerose. Estudos mostram que o composto reduz também os níveis de triglicerídeos no sangue, que podem piorar o problema do colesterol.

– Glicose: a biotina mantém os níveis de açúcar regulares no nosso sangue. Isso faz com que a severidade da diabetes tipo 2 possa ser reduzida.

– Cabelo e pele: há também estudos que mostram que a pele e cabelo podem ficar mais fortes com a vitamina B7. Uma pele saudável está associada a uma boa aparência e à redução da incidência de problemas como a acne ou as dermatites.

– Metabolismo: a biotina tem um papel no nosso metabolismo e na ativação de enzimas, ações essenciais para uma digestão eficaz. Por exemplo, o composto atua no metabolismo dos carboidratos, contribuindo para uma absorção mais rápida desses nutrientes, o que pode levar à perda de peso.

Como vimos, são evidentes os benefícios da biotina para a nossa saúde. A Biotina Macrophytus constitui uma forma prática, simples e natural de ingerir essa vitamina diariamente. As cápsulas contêm óleo de soja e biotina e pode ser aliadas importantes nos tratamentos capilares, no crescimento das unhas e na melhoria da aparência da pele.

Se você curte dicas sobre saúde, continue navegando no nosso blog e nas nossas redes sociais. Temos muitos artigos que podem te interessar, como, por exemplo, os efeitos da falta de vitaminas no organismo.

Comentários